Subscribe Now

Trending News

Descubra como usar seu décimo terceiro na compra de um imóvel
Financiamento imobiliário, Imóveis

Descubra como usar seu décimo terceiro na compra de um imóvel

Usar o décimo terceiro para comprar um novo imóvel é uma excelente forma de investimento no futuro, afinal, é muito melhor aplicar esse dinheirinho extra em algo mais concreto para a sua vida do que gastá-lo com coisas momentâneas, não concorda?

Porém, sabemos que esta não é uma tarefa das mais fáceis. Então, foi pensando nisso que elaboramos o conteúdo de hoje. Continue acompanhando o post para descobrir como você pode aproveitar o seu 13º nessa conquista. Confira!

Dar de entrada no imóvel

A primeira dica que listamos é que você pode utilizar o benefício de final de ano como parte da entrada do seu novo apartamento. Se você já tem uma quantia guardada para isso, ótimo! Mas, saiba que o 13º pode ajudar a aumentar ainda mais esse valor e, por consequência, diminuir o restante das parcelas. Ou seja, quanto mais pagar de entrada, menos terá que pagar nas prestações do financiamento.

Pagar as parcelas do financiamento

Da mesma forma que é possível aproveitar seu décimo terceiro na entrada de um novo apartamento, ele pode socorrer nos meses de aperto para que você não deixe de pagar as prestações do financiamento.

Essas parcelas são sempre muito bem calculadas para que não ultrapassem 30% da renda do comprador e se tornem um peso no orçamento.

A questão é que despesas de emergência aparecem quando menos esperamos — um probleminha de saúde aqui ou um conserto de eletrodomésticos ali. Então, aproveite a existência do 13º, porque ele pode ajudar nessas ocasiões.

Quitar a aquisição na planta

Essa dica é para o caso de você decidir pela compra de um imóvel na planta: use parte, ou todo, o seu 13º para quitar as parcelas que restam! Só tome cuidado para não pagar tudo antes de receber as chaves. Ao adiar o pagamento da nova moradia para essa ocasião, estará se protegendo contra os indesejados atrasos de obra, algo que pode ocorrer com em construções do tipo.

Cobrir os serviços e taxas

Quem compra uma casa por financiamento deve saber que o valor do novo imóvel não é o único custo envolvido. Existem taxas que também precisam ser pagas, como a parcela do seguro da obra, o serviço prestado pelo despachante, além da papelada que há em qualquer procedimento burocrático.

Por isso, você também pode usar o seu 13º para pagar todas essas pequenas despesas comuns à compra e venda de uma residência.

Arcar com despesas extras

Por fim, mas não menos importante, saiba que você pode usar seu benefício para pagar aquelas contas que todo imóvel tem: o IPTU, o ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), o registro da escritura e as certidões emitidas pelo cartório.

Esses custos também fazem parte da responsabilidade de manter uma moradia por conta própria, mas como não são despesas recorrentes, você pode acabar se esquecendo delas e não guardar dinheiro suficiente.

Sempre que um dinheiro “a mais” cai em nossa conta, a tentação de sair gastando tudo é bem alta. É por esse motivo que recomendamos pensar em seu futuro e no da sua família, e decidir investir seu décimo terceiro em algo que realmente valerá a pena, como a compra de um imóvel maior que atenda as necessidades de todos os membros da casa. As dúvidas e preocupações podem até aparecer, mas lembre-se de que estará fazendo um investimento no bem-estar e qualidade de vida sua e da sua família.

Gostou deste artigo? Então, não perca tempo e assine agora a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *