Subscribe Now

Trending News

Decoração minimalista: entenda o que é e como usar
Arquitetura, Decoração, Qualidade de vida

Decoração minimalista: entenda o que é e como usar

Quer deixar os ambientes do seu imóvel mais práticos sem perder a elegância? A solução pode estar na simplicidade da decoração minimalista. Esse estilo surgiu por volta dos anos 60, contrapondo a maneira como muitas residências eram concebidas antes desse período — com exagero de ornamentos e riqueza de detalhes.

Não é à toa que a expressão “menos é mais” se popularizou com o minimalismo, um movimento que prioriza o essencial para manter tudo em equilíbrio. Se você quer saber como aplicar essa estética na própria residência, fique conosco e confira as dicas!

Limpe e organize

Nesse estilo a qualidade deve prevalecer sobre a quantidade. Portanto, o primeiro passo para trabalhar o tema minimalista em casa é desapegar dos excessos. Isso significa selecionar elementos que não têm função importante nos ambientes para doar, vender ou descartar.

Podem ser quadros velhos, itens colecionáveis que você nem curte mais, tapetes que acumulam poeira, entre outras peças. Em seguida, limpe todos os cômodos para começar a dar vida ao projeto. Livre dos excessos e da bagunça, você já sentirá a atmosfera interna mais leve e agradável.

Aposte em paletas neutras

Cores suaves devem ser priorizadas nas principais superfícies (pisos, paredes e forros) por não pesarem no visual. Na lista de preferências estão o branco, o bege, o off white e as variações de cinza. Tons sóbrios como marrom e preto também são bem-vindos, principalmente no acabamento dos móveis.

Madeira clara ou escura, pedras, bambu e outras matérias-primas naturais complementam a decoração minimalista sem causar impacto. A vantagem de manter nuances neutras na base da composição é poder incluir toques de cores vivas em diferentes detalhes (tecidos, objetos, eletrodomésticos).

O objetivo é agregar informação sem gerar fortes contrastes. Assim, em uma sala com paredes claras, por exemplo, você pode incluir mobília de madeira crua e estofados estampados. Se preferir, que tal criar um ponto focal com uma luminária de piso colorida ou painel de tijolinhos? Ficará incrível!

Tire proveito da luz natural

Aproveitar o sol dentro de casa faz bem à saúde e ajuda a incrementar a decoração. No minimalismo, as cores claras combinadas com muita luz natural geram o famoso efeito de amplitude. Em outras palavras, os ambientes tendem a parecer maiores do que realmente são.

Trata-se de uma impressão positiva, já que traz leveza e cria continuidade. Para potencializar a sensação de espaços amplos e livres, aposte em espelhos grandes, divisórias em vidro e revestimentos metálicos. O brilho dessas superfícies refletirá a luz e a levará a diferentes pontos da casa.

Invista em móveis funcionais

A funcionalidade é um aspecto que deve estar presente em qualquer ambiente minimalista. Assim, se você pretende fazer uma reforma decorativa, aproveite para substituir móveis antigos por versões mais modernas.

Seguindo o princípio de manter o que é essencial, procure peças que tenham diferentes utilidades. Em vez de um painel liso para TV, por que não escolher um modelo equipado com compartimentos que permitam esconder os fios e guardar objetos (controle, DVDs, videogame)?

No lugar de estantes largas, você pode incluir nichos e prateleiras para tirar proveito do espaço vertical. Esses elementos não prejudicam a circulação nos cômodos e oferecem apoio para diversos pertences, mantendo tudo organizado e no devido lugar.

Quanto ao design, evite móveis com muitas curvas, braços volumosos e entalhes chamativos. Prefira modelos retilíneos e com poucos ornamentos — eles se adaptam melhor ao layout de diferentes ambientes e não trazem informação extra para a composição.

Adicione elementos naturais

Como a mistura excessiva de cores e acessórios não é indicada, a dica é variar nas texturas e formas. Para isso, nada melhor que incluir variedade de plantas dentro de casa. Existem inúmeras espécies interessantes para cultivar em vasos, floreiras ou na forma de terrários.

Você pode apostar tanto em mudas ornamentais quanto em hortaliças e temperos para usar na cozinha. Isso porque o verde das folhagens cai bem com os materiais naturais comumente utilizados na temática minimalista.

E então, o que achou das dicas para repaginar o visual da casa? Esperamos que tenha gostado e que as soluções sirvam como ponto de partida para tirar seu projeto de decoração minimalista do papel.

Agora, fique à vontade para deixar um comentário ou compartilhar sua opinião com os demais leitores!

Posts relacionados

1 Comentário

  1. 5 dicas para uma decoração de quarto infantil moderna

    […] cada detalhe da decoração de quarto infantil é fundamental para compor um ambiente que reflita os gostos e, principalmente, […]

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *