Subscribe Now

Trending News

Saiba como fazer um projeto de iluminação para apartamento
Decoração

Saiba como fazer um projeto de iluminação para apartamento

Você sabe da importância de se fazer um projeto de iluminação para apartamento? Na hora de escolher as lâmpadas, consideramos apenas o fato de iluminar determinado ambiente e, eventualmente, avaliamos a iluminação como parte do projeto de decoração.

A verdade é que uma iluminação inapropriada pode fazer até mesmo um cômodo bem decorado passar a impressão de um ambiente simplório e desconfortável. O papel do projeto luminotécnico é o de harmonizar a iluminação com a decoração, evidenciando, assim, os pontos de maior valor do ambiente. O resultado é uma casa agradável e aconchegante!

Continue com a leitura e veja o que preparamos para você deixar seu apartamento ainda mais bonito. Confira!

Luz branca ou luz amarela

As lâmpadas em tons amarelados, ou seja, de cores quentes, são indicadas para espaços mais intimistas, como os quartos e salas. Enquanto isso, a cor branca, mais fria, é utilizada para áreas de serviço, cozinha, home office e outros espaços de trabalho.

Ao planejar o projeto de iluminação para apartamento, é preciso saber que se os ambientes forem integrados, será necessário manter a tonalidade das lâmpadas em ambos os espaços.

Sala de estar

A sala de estar pleiteia uma luz agradável, a mais indicada é a amarela e instalada em um ponto central do teto. A coloração amarelada na sala de estar, dá uma sensação de aconchego, bem-estar.

No entanto, se for para focar um item de decoração ou mesmo uma peça do mobiliário, faça a opção pelas lâmpadas brancas ou coloridas nos pontos a serem realçados. Evite posicionar luzes diretamente no sofá, isso dificulta a visão de quem está sentado. Quando próxima de aparelhos eletrônicos, gera reflexos.

Sala de jantar

O objeto em destaque sempre deve ser a mesa. Para realçar os alimentos, use uma luz amarela instalada a uma distância mínima de 85 a 90 cm da mesa para não perturbar as pessoas. Você pode também colocar duas ou três luminárias pendentes em cima da mesa, com a intenção de criar um clima reservado, enquanto o restante do cômodo ficará a meia-luz.

Reflita sobre a possibilidade da utilização de um lustre central, maior e pendente, comandado por um dimmer (variador de luminosidade). Dessa forma, você controla a intensidade de luz de acordo com a necessidade.

Dormitórios

Os dormitórios pedem tons quentes, mas confortáveis ao olhar. Além disso, para garantir um clima intimista, prefira uma intensidade de luz menor. É aconselhável também investir em iluminação indireta, em que o foco de luz é direcionado para o teto ou parede, evitando o ofuscamento. Aposte em abajures ou luminárias de leitura.

Banheiro

A mesma lógica da cozinha, o banheiro necessita de uma iluminação intensa. Lembre-se que, próximo aos espelhos, nunca coloque lâmpadas por cima, pois isso, cria áreas de sombra e dificulta o maquiar ou fazer a barba. Espelhos funcionam muito melhor quando os pontos de luz estão na lateral.

Unindo a beleza das luminárias ao projeto de iluminação bem planejado, a decoração ganha destaque. Dessa forma, é possível combinar a iluminação do apartamento com os diversos elementos de cada cômodo. No entanto, não se esqueça: os aspectos mais importantes em projeto de iluminação para apartamento é a funcionalidade do cômodo e o equilíbrio das fontes de luz.

Quer saber mais, assine nossa newsletter e tenha as novidades do mundo da iluminação diretamente no seu e-mail.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *